Buscar
  • Dr. Ricardo Feix

Conheça os 5 níveis de profundidade do Transe Hipnótico

Atualizado: 31 de Mar de 2020



Estado Sonambúlico

Transe mais profundo, quando a respiração é muito lenta. Há anestesia completa e a pessoa fica altamente sugestionável. Pode ocorrer escrita automática e alucinações positivas ou negativas, muito úteis. Favorece o esquecimento de trauma e anestesia cirúrgica.


Transe Profundo

Fase de relaxamento profundo, no qual o paciente pode apresentar letargia (relaxamento profundo de músculos, nervos e tendões) ou catalepsia (estado de rigidez dos tecidos moles, permanecendo o indivíduo na posição em que foi colocado) e voz vagarosa. Nesse estágio, há anestesia parcial e receptividade aumentadas a sugestões indiretas. Acontecem distorções na percepção do tempo. É possível a visualização, a regressão e a progressão, imediata e multisensorial.


Transe Médio

O paciente já consegue acessar fatos do presente e do passado, que estavam escondidos, visualiza cores, apresenta amnésia seletiva.


Transe Leve

Estado em que se abrem as emoções e lembranças. O corpo relaxa mais e o raciocínio dedutivo do hemisfério esquerdo cerebral passa o controle para o hemisfério cerebral direito, que é mais indutivo e mais criativo.


Estado Hipnoidal

Fase inicial de relaxamento em que a pessoa fala e responde facilmente e ainda não se percebe em hipnose.



48 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo